Maçã furada

Segundo estudo realizado pela Malwarebytes, o macOS tirou do Windows o trono de sistema operacional mais vulnerável a malwares. Vida longa ao novo rei!


Conforme o supracitado estudo, em 2019 o macOS superou o Windows em 2:1 no número de ameaças, com o Mac tendo aumentado em 400% este número em relação a 2018. Em média, são 11 ameaças para cada Mac contra 5,8 ameaças para cada PC com Windows.

Uma causa para este dramático aumento nas ameaças está no crescimento do parque de Macs, que em um círculo vicioso atrai mais atenção dos desenvolvedores destas pragas virtuais. Outra causa apontada é que o macOS não consegue lidar muito bem com os adwares e PUPs (programas potencialmente indesejados), enquanto que o Windows sofre mais com os modelos tradicionais de malwares, tais como trojans e ransomwares. O estudo completo está aqui

Como diria o He-Man, no episódio de hoje aprendemos que não existe sistema operacional 100% invulnerável, e que o mais importante é a pecinha que fica entre a cadeira e o teclado.


E também parafraseando o não menos honorável Forrest Gump, idiota é quem faz idiotice.

Comentários

  1. Eu sempre parto do principio de que meu pc ou meu celular possam ter sido invadidos. Confiar em qualquer sistema é ser idiota.
    Até a Nasa já foi invadida em um sistema fechado, quando um funcionário ”levou embora” um laptop.
    Na época, ninguém tinha entendido como foi possível.

    ResponderExcluir

Postar um comentário