Unboxing e primeiras impressões: gabinete Thermaltake Level 20 MT ARGB

Veja a demonstração e análise deste gabinete torre média da Thermaltake, que conta com painéis de vidro temperado e ventoinhas frontais com iluminação RGB que garantem muito mais desempenho ao PC!



Tirando o bicho da caixa!


Eis o Thermaltake. O seu painel frontal é em vidro temperado e conta com três ventoinhas de 120 mm com iluminação RGB, que acompanham o produto (a cerveja é um opcional à parte):


Há uma fresta entre o vidro e moldura do gabinete, o que permite a aspiração de ar pelas ventoinhas frontais:


O painel lateral também é em vidro temperado, o que aumenta consideravelmente o peso do gabinete.


Eis o painel traseiro. Há sete slots de expansão e a ventoinha de exaustão de 120 mm vem inclusa, porém não tem RGB.


O outro painel lateral é feito em uma chapa de aço comum. Ele poderia ter uma parte côncava para não espremer os cabos que passam por trás da chapa de fixação da placa-mãe.


Na parte superior temos as funções do gabinete, bem como um filtro antipó que é fixado magneticamente. Da esquerda para a direta, há um botão para regulagem da iluminação RGB, conectores de áudio no bom e velho formato P2 para fones de ouvido e microfone, duas portas USB 3.0, botão reset, led de atividade das unidades armazenamento e o botão liga-desliga.


Internamente o Thermaltake Level 20 MT ARGB é bastante espaçoso. Ele suporta placas-mãe ATX padrão, Micro ATX e Mini ITX, e ao lado da chapa de fixação da placa-mãe há um espaço para a instalação de um watercooler de até 240 mm ou dois dispositivos de 2,5 tais como SSDs.

No painel superior é possível instalar duas ventoinhas de 120 mm ou uma de 140 mm.


Sobre o acabamento inferior é possível instalar mais um dispositivo de 2,5”:


Na parte posterior da chapa de fixação da placa-mãe é possível instalar mais um dispositivo de 2,5”. A chapa possui uma abertura, assim não é necessário remover a placa do gabinete para remover o cooler do processador.


No local de fixação da fonte de alimentação há um filtro antipó:


Estas são duas baias para dispositivos de 3,5” (discos rígidos). Também é possível instalar os de 2,5” usando um adaptador que não acompanha o gabinete.


Este é o controlador de ventoinhas e da iluminação RGB da Thermaltake. É possível interliga-lo com o gerenciador RGB da placa-mãe.


Este é o kit que acompanha o gabinete: manual de instruções, parafusos, prendedores de cabos (conhecidos como “enforca gato”), um buzzer e dois cabos para interligação do controlador do gabinete ao sistema de gerenciamento RGB da placa-mãe, compatíveis com as placas dos quatro principais fabricantes (Asus, ASRock, Gigabyte e MSI).


Concluindo, o Thermaltake Level 20 MT ARGB é um gabinete torre média com um acabamento bom e muito espaço interno. Ele pode ser encontrado na casa dos 500 bolsonaros no varejo brasileiro, sendo uma opção a ser considerada aos que procuram um gabinete RGB para aumentar o seu FPS, sem falar dos painéis de vidro temperado.

Comentários