Qual é o sentido disso?

Que o overclock pode ser usado em várias situações como um "upgrade a custo zero" é inegável, eu mesmo o faço em quase todos os meus projetos. Mas tudo o que é forçado acaba ficando ridículo.


A MSI anunciou que o recorde de overclock em memórias DDR4 foi obtido em uma das suas placas-mãe (a MPG Z390I Gaming Edge AC, soquete 1151), em conjunto com um dois módulos Kingston HyperX Predator DDR4-3466 que chegaram a 5.902 MHz. Uau!

Mas para atingir esta frequência foi necessário o uso de nitrogênio líquido, uma parafernália de nenhuma aplicação prática como essa da imagem de abertura, e a temporização dos módulos teve que ser aumentada para 31-63-63-63 com o Command Rate em 2T - com esses timings, se bobear até os módulos SIMM-30 do meu 386 devem ser mas rápidos, frequência não é tudo. Sem falar que o Core i9 9900K, o processador usado no teste, teve seis núcleos desabilitados.

O autor dessa façanha é um "overclocker oficial da MSI", que ainda deve receber para fazer maravilhas como essa. É de cair o tomate cru da bunda.


Comentários