Até que enfim um teste relevante!

Desde o lançamento dos Ryzen 3000 tem chovido testes e comparativos em muitos sites e canais no YouTube, com todo o tipo de pérola sendo ventilado, principalmente quanto à suposta vantagem no IPC que os processadores Intel ainda teriam. Eles só se esqueceram de um “pequeno detalhe”: a diferença entre as frequências de operação.


Mas felizmente um youtuber australiano (o Bryan do ótimo canal Tech Yes City) fez um teste que saiu do lugar comum e da mesmice: comparou um Ryzen 7 3700X e um Core i9 9900K com ambos travados na frequência de 4 GHz em todos os núcleos. Vejam e tirem as próprias conclusões:


Resumidamente, o Ryzen somente perdeu em jogos cujas engines são mais antigas e ainda não otimizadas para a microarquitetura Zen (a AMD chegou junto de muitos desenvolvedores). Nos demais testes houve um espancamento implacável do Ryzen.

Assim cai por terra o último argumento dos fanboys da Intel para justificar a sua insanidade, o mimimi do melhor IPC. A única vantagem restante dos Core é a maior frequência de operação, mas ao custo de uma maior dissipação térmica e consumo elétrico, vale lembrar.

Comentários

Postar um comentário