Montando o PC CrossPhenom (Parte 2 – Configuração)

Prosseguindo com a série do CrossPhenom, o PC 100% AMD, mostrarei como foi a sua montagem. Confira comigo, e não é no replay! 😀


Primeiramente, confira a apresentação dos componentes caso ainda não tenha feito.

Prosseguindo para a montagem, vemos o Phenom II X6 instalado na Asus M4A89GTD PRO/USB3:


Agora com a pasta térmica aplicada e o cooler box (que é fabricado pela AVC) instalado:



Uma coisa boa dos coolers da AMD, e que persiste até o Wraith Prism do Ryzen 7 2700X, é o sistema de fixação, simples e eficiente, bem diferente das presilhas de baixa qualidade dos coolers da Intel a partir do soquete LGA 775.


Aqui a montagem está praticamente finalizada, com a placa-mãe e os demais componentes como as placas de vídeo e os módulos de memória já dentro do gabinete.


No detalhe, as duas placas de vídeo AMD Radeon HD 7850 interligadas pela icônica ponte Crossfire. Como será que elas vão se comportar nos jogos e benchs?

O gabinete é bastante compacto, notem que a segunda placa encosta no disco rígido WD Caviar Green, mas não chega a travar a ventoinha.


Aqui vemos o cooler e os dois módulos de memória Patriot Viper DDR3-1600 instalados:


Eis o gabinete. Gostei dos detalhes em vermelho, pois é a “cor oficial” da AMD.


Na lateral há uma pequena janela de acrílico:


Era a hora de colocar o Phenão II para funcionar. O boot foi de primeira, adoro quando isto acontece!


Este é o Setup da placa-mãe Asus M4A89GTD PRO/USB3. Como é uma placa de 2010, o seu firmware é um BIOS tradicional e não UEFI.


Este Setup da AMI tem inúmeras funções para alterar tensões, frequências e multiplicadores, vai ser interessante para brincar um pouco com o Phenão.



Na próxima parte o PC CrossPhenom será colocado em ação. Até lá!

Comentários

  1. Que placa linda, e que configuração. Ah, Phenão, porque não tunaram vocês ao invés de cometerem aquelas tosqueiras de FX? Porquê? Porquê???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certamente a arquitetura K10 poderia fazer bonito ainda, com atualização de litografia (permitindo frequências maiores) e com os novos conjuntos de instruções que vieram com os FX.

      Não sei se conseguiria bater de frente com os Intel mais caros, porém faria mais bonito do que a Bulldozer/Piledriver sem dúvida.

      Excluir
    2. E com uma controladora de memória DDR4 também!

      Excluir

Postar um comentário