Rebuild #4: God Of Thunder (Parte 3 – Análises e Benchmarks)

Na terceira parte desta série mostrarei os resultados da bateria de testes com o Thunder, além de um comparativo bastante pertinente. Confira!


Recapitulando, na primeira parte da série Rebuild #4 foram apresentados os componentes, enquanto que na segunda foi mostrada a montagem. Qualquer coisa confira lá!

Esta é a configuração original do Athlon Thunderbird B de 1,2 GHz:


As informações sobre a placa-mãe Asus A7V133-C:


Como eu havia mencionado na postagem sobre a montagem desse conjunto, o chipset Via KT133A permite operar a interface com a RAM em 133 MHz (SDR), mesmo quando o barramento frontal está em 100 MHz (DDR).


O SpeedSYS 4.78 também fez um apanhado bem preciso da configuração:


Um 80486 de 999+ MHz... o Norton System Info sempre me diverte! Sem falar da data do BIOS de 1901 (o correto é 2001)... senhoras e senhores, eis o tão falado e apocalíptico bug do milênio, que aterrorizou o mundo na década de 1990! 😱


Novo benchmark: Unreal Tounament 2003

Como eu gostava desse jogo na época! Quantas noites passei jogando os modos de captura à bandeira e o clássico deathmatch, bons tempos em que eu podia me dar a esse luxo!

O UT 2003 tem um utilitário de benchmark muito bem feito, que permite avaliar o conjunto através de dois índices: o Flyby, que mostra uma visão área dos mapas, e a Botmatch, que simula partidas com bots, algo que demanda muito mais do processador. Aqui será usada a resolução de 800 X 600, para um melhor balanço entre a influência da CPU e da GPU.

A minha cópia original comprada em 2002, logo no lançamento do jogo

As únicas ocorrências registradas durante os testes foram com o 3DMark 2000 e o Unreal Tournament 99. O primeiro rodou com muitas falhas de texturas no Windows 98 SE, porém rodou perfeitamente no Windows 2000. Já o UT99 apresentou um baixo desempenho em DirectX (tanto no Windows 98 SE quanto no 2000), porém funcionou como o esperado em OpenGL e assim os resultados registrados foram obtidos com esta API. Ambos os casos certamente tratam-se de problemas de drivers, podendo ser o da Via (AGP) ou da Nvidia, ou mesmo uma combinação dos dois.

Como sempre, abram a página de benchmarks clássicos para conferir todos os resultados. Conforme o esperado, dadas as abissais diferenças técnicas, o Thunder detonou implacavelmente as outras configurações clássicas já avaliadas. Os testes em que isso não ocorreu são mais antigos e assim incapazes de tirar proveito da maior capacidade computacional do Athlon e da GeForce 4 MX.

Thunder B vs Thunder C

Como o chipset Via KT133A também suporta o barramento frontal em 133 MHz DDR, é possível ajustar o Athlon "B" de 1,2 GHz para trabalhar com esta frequência usando o multiplicador 9, o transformando assim em um modelo “C”.


Notem que agora a frequência da interface da RAM está em paridade com a do barramento frontal:


Quando a AMD anunciou o Athlon com o barramento de 133 MHz, muito foi analisado e testado sobre o benefício em termos de desempenho. Agora finalmente pude tirar a prova usando a minha própria metodologia.

De um modo geral, a diferença entre o Athlon “B” (com a RAM em 133 MHz) e o Athlon “C” foi menor do que eu esperava, com o maior destaque sendo o Unreal Tournament 99, um título notoriamente devorador de CPU.

Teste Thunderbird B Thunderbird C Diferença
Norton System Info 6.01 CPU (Score) 5033,9 5024,7 -0,18%
3DBench 1.0c (FPS) 407,8 407,4 -0,10%
SpeedSYS 4.78 CPU (Score) 1447,1 1443,9 -0,22%
Chris´s 3D (Score) 708,6 709,6 0,14%
Doom - Demo 2 – 320 X 240 (FPS) 137,1 156,2 12,23%
Doom II - Demo 2 – 320 X 240 (FPS) 191,3 212,2 9,85%
Super PI 1M (Segundos) 135 129 -4,65%
Quake - Demo 2 – 320 X 240 (FPS) 171,7 177,6 3,32%
GLQuake - Demo 2 – 640 X 480 (FPS) 300,3 308,5 2,66%
3DMark 99 Max (Score) 7527 8048 6,47%
3DMark 99 Max CPU (Score) 17072 18221 6,31%
3DMark 2000 Pro (Score) 5641 5928 4,84%
Sandra 99 CPU (MIPS) 4100 4098 -0,05%
Sandra 99 FPU (MFLOPS) 1607 1604 -0,19%
Sandra 99 Memory Bandwidth (MB/s) 274 296 7,43%
Sandra 99 Drive Benchmark (Score) 16114 - -
Quake II OpenGL - Demo 2 – 640 X 480 (FPS) 210,1 217,1 3,22%
Quake III OpenGL - Demo 2 – 640 X 480 (FPS) 121,9 127,7 4,54%
Unreal Tournament 99 - City intro – 640 X 480 (FPS) 42,8 59,9 28,55%
3DMark 2001 SE (Score) 4082 4111 0,71%
Unreal Tournament 2003 Flyby – 800 X 600 (FPS) 79,6 81,8 2,69%
Unreal Tournament 2003 Botmatch – 800 X 600 (FPS) 31,8 33,1 3,93%

Na próxima parte o Thunder será levado além. Até lá!

Comentários