Facebook armazenou milhões de senhas em texto puro (Atualizado)

No mais novo escândalo envolvendo a rede social do Zuck, a empresa admitiu que armazenou durante anos milhões de senhas em texto puro, sem qualquer criptografia. Que coisa feia! Atualizado com as mais recentes tretas do feice.


Realmente é algo grotesco que uma empresa como o Facebook cometa um erro tão crasso de segurança. Segundo eles, a "sorte" é que as senhas se encontravam em um servidor sem acesso externo, mas de qualquer modo estavam acessíveis a cerca de 2 mil dos seus desenvolvedores - ainda conforme a empresa, eram nada menos do que algo em torno de 600 milhões de senhas do Facebook e Instagram.

Depois de tantos escândalos relacionados à privacidade e a segurança de dados, me admira como tanta gente ainda confie no Facebook e forneça a eles de mão beijada as suas informações. A necessidade de se exibir é tão grande assim? Deve ser. 😐

Desde que programava em Clipper em meados da década de 1990, eu já protegia as senhas dos usuários dos sistemas usando um algoritmo rudimentar de criptografia que desenvolvi na época. Podia ser algo simples, mas aos menos as senhas não ficavam em texto puro.

#Ficaadica Zuck! Se quiser me contratar para resolver o problema, é só entrar em contato.

Fonte: Gizmodo e um monte de outros sites.

Atualizado em 04/04/2019: Nesta semana o feice está envolvido em mais duas polêmicas: solicitar a senha do e-mail de cadastro para alguns usuários e ter mantido dados de 540 milhões de utilizadores em um banco de dados sem segurança alguma. Porém decidi não criar novas postagens, se eu fizesse uma nova publicação para cada escândalo de privacidade ou falha de segurança da rede social o blog seria apenas sobre o Facebook, e este nem de longe é o meu objetivo.

Sinceramente, não sei o que este povo está esperando para dar um belo chute no traseiro do Zuck.

Comentários