Unboxing e primeiras impressões: fonte de alimentação Corsair VS600

Confira a VS600, fonte de alimentação de entrada da Corsair com uma potência declarada de 600 W e certificação 80 Plus padrão, com uma surpresa inesperada!


Esta é a embalagem da VS600. O seu kit é bastante enxuto: não inclui nem o cabo de alimentação, apenas os parafusos de fixação ao gabinete.


O modelo tem um acabamento preto fosco:


A distribuição de cabos e conectores é a seguinte:

  • ATX de 20/24 pinos padrão;
  • Um Auxiliar de 12 V para o processador (EPS);
  • Dois PCI Express de 6/8 pinos;
  • Sete SATA;
  • Dois conectores para periféricos (erroneamente chamados de “molex”);
  • Um conector para unidade de disquete.



A distribuição de potência, conforme a etiqueta. Esta fonte usa uma única linha de 12 V, o que é sempre desejável.


A VS600 conta com uma ventoinha de 120 mm com controle de rotação.


Esta fonte é divulgada e vendida como tendo a certificação 80 Plus padrão (White), porém ao pesquisar no site da empresa que faz as certificações tive uma grata surpresa: na verdade ela possui a certificação Bronze:


O relatório da certificação está aqui. Para o vosso conforto o reproduzo abaixo:


Desta forma, VS600 conta com uma eficiência mínima de 85% com 50% de carga e um circuito PFC ativo (notem a ausência da chave de seleção da tensão de entrada).

Sempre lembrando que a eficiência de uma fonte de alimentação é a quantidade de energia elétrica que ela gasta para o seu próprio funcionamento: tomando como exemplo a VS600 que conta com 85% de eficiência, isto significa que 15% do que ela “puxa” da tomada é usado para a alimentação dos seus circuitos internos. Se esta fonte consumir 100 W da tomada em um determinado momento, fornecerá 85 W aos dispositivos por ela alimentados.


Embora seja bastante improvável que uma fonte zero bala tenha problemas, nunca podemos subestimar o velho Murphy e assim sempre testo as fontes de alimentação antes de usá-las, mesmo se foram novas em folha. Aqui tudo certo com a VS600:


Conclusão

Custando na faixa dos 300 bolsonaros no inflacionado mercado nacional, a VS600 é um modelo de entrada bastante interessante, ainda mais com o easter egg da certificação 80 Plus Bronze. Outro ponto positivo é a potência de 600 W, suficiente para alimentar praticamente qualquer configuração atual, mesmo com uma placa de vídeo topo de linha.

Comentários

  1. Parece ser realmente uma otima fonte.
    Eu tenho uma CZO 500w do mesmo padrão de qualidade desta e é interessante que ela vem até com uma bolsa de tecido e ziper para guardar a fiação não utilizada.

    ResponderExcluir

Postar um comentário