O benefício da concorrência

Intel anuncia a sua nona geração de processadores, que traz um inédito processador de oito núcleos da empresa para o segmento mainstream. Se não fosse o Ryzen...


Indo direto ao ponto, estes são os modelos anunciados até o momento:

  • Core i9 9900K: 8 núcleos/16 threads, frequência de 3,6 - 5 GHz, 16 MB de cache, TDP de 95 W;
  • Core i7 9700K: 8 núcleos/8 threads, frequência de 3,6 - 4,9 GHz, 12 MB de cache, TDP de 95 W;
  • Core i5 9600K: 6 núcleos/6 threads, frequência de 3,7 - 4,6 GHz, 9 MB de cache, TDP de 95 W;

Segundo a Intel estes processadores funcionarão nas placas LGA 1151 atuais com chipsets da série 300, ao menos desta vez a empresa são forçará os seus pobres consumidores (na verdade não tão pobres assim, dado o preços destes processadores...) a trocarem também de placa-mãe.


Como digo sempre, mesmo o mais ardoroso garoto fã da Intel deve agradecer pela AMD ter lançado o Ryzen. Se não fosse por ele, até hoje teríamos profusões de famílias de processadores Intel com ganhos meramente incrementais.

Fonte: Intel.

Comentários

  1. Alto custo, pouca diferença de desempenho comparada aos 8000, mesmo gráfico integrado... A Intel está letárgica, mas mesmo assim bate recordes de lucro semestre após semestre. Vai ser muito bonito quando os Ryzen 3000 vierem, com os tais 10-15 % de ganho no IPC sobre os 2000. A última fronteira, o desempenho de núcleo individual vai finalmente superar os Intel e vamos reviver a maravilhosa época dos Athlon XP. Aí a Intel lança uma nova arquitetura chutadora de bundas tipo a Core e a AMD vai ter que suar a camisa de novo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente o Ryzen deixou a Intel completamente perdida!

      Quanto ao IPC, acredito que os Ryzen 2000 já estão a par dos Intel. Veja os benchmarks do meu notebook Samsung (https://www.michaelrigo.com/2018/10/benchmarks-samsung-odyssey.html), onde em tarefas single thread o Ryzen 7 2700X ficou junto com o Core i7 7700HQ, em que pese a sua frequência um pouco maior. E, como sabemos, desde os Skylake que o IPC dos Intel é praticamente o mesmo.

      Acho que os Athlon 64 foram o ápice da AMD em cima da Intel, que capengava com os processadores Netburst.

      Excluir

Postar um comentário