Restaurando uma placa-mãe soquete 8

Tão raras quanto uma mosca albina de olhos azuis, as placas para os Pentium Pro merecem todas as tentativas possíveis de restauração. Este exemplar teve um final feliz, para a nossa alegria!


Esta placa é uma Soyo 6FA baseada no chipset Intel 440FX, que foi salva de um inglório destino de descarte como lixo eletrônico juntamente com o imponente processador Pentium Pro de 200 MHz, o que seria um sacrilégio aos apreciadores de hardware clássico, e põe clássico nisto!

Porém o seu teste inicial não foi nada encorajador: ao ser ligada pela primeira vez, dois capacitores de tântalo explodiram, um perto dos slots PCI e o outro perto do conector de energia ATX – sim, esta placa é ATX, e foi fabricada em 1996! Os capacitores de tântalo realmente podem explodir ao final da vida útil, mas enfim, quem gosta de hardware clássico sabe que merdas sempre podem acontecer.



Felizmente eu tinha em estoque dois capacitores eletrolíticos de especificações idênticas, 16 V e 10 µF. Os capacitores de tântalo e os eletrolíticos são intercambiáveis entre si.


Assim, bora empunhar o ferro de solda e o sugador para fazer o reparo! As principais dicas que deixo nesta situação é prestar muita atenção na polaridade do capacitor (conforme o gabarito da placa) e utilizar um ferro de solda de pelo menos 60 W, o que facilita a remoção da solda dos furos da placa. Evite também deixar a ponta do ferro por muito tempo encostada na placa pelo risco de danificar as trilhas adjacentes, o serviço deve ser rápido e preciso! Caso você esteja iniciando, recomendo praticar em uma placa sabidamente com defeito para pegar o jeito.

Serviço concluído!



A Soyo agradeceu a gentileza e como recompensa deu vídeo de primeira após o reparo. Yeah!


Muito em breve montarei um baita PC clássico usando essa placa e o Pentium Pro. O próximo da fila é o Rebuild #3, sucessor do Pentium MMX, e o Pro vem logo na sequência. Aguardem!

Comentários

  1. Na minha opinião o Pentium Pro é o mais clássico de todos os tempos até agora, até mesmo do 8088, que há tempos atrás achava-se em qualquer ferro-velho por aí. Tudo isso por ser um processador caríssimo (para a época e até hoje!) e dificílimo para conseguir um. No ML não acha-se um Pentium Pro completo nem com reza brava!. Eu calculo que um completo com HD SCSI não saia por menos de R$ 1.500,00. Faço votos que você consiga montar esta jóia rara, como colecionador que você é, esta será a sua relíquia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São raríssimos mesmo. No Ebay até que é possível achar alguns, mas os preços são algumas centenas de trumps - uma placa soquete 8, sem processador, chega nas 200 verdinhas fácil.

      Excluir
  2. Muito clássico!!!
    Onde eu trabalhava foram muitas destas placas para o lixo eletrônico

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui foi quase a mesma coisa. Nem acreditei quando vi essa placa e o processador na pilha que ia pro descarte!

      Excluir
  3. Vejo que não tô sozinho no apreço a essa placa, tinha 2 processadores 200MHz guardados desde os anos 90 a procura de uma placa (a original queimou quando o técnico que me vendeu foi testá-la ainda no balcão da loja :-P ), mas só no ano passado consegui comprar uma pelo ebay (2 na verdade, a primeira era dual e não veio com o terminador do segundo processador e a segunda chegou em ótimas condições, o que teria sido tudo perfeito se a receita não me tivesse taxado em 500 reais a importação - fora os 150 euros da placa+processador+64 de RAM). Não é fácil ser colecionador no Brasil!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caramba! Eu nem lembrava mais desse modelo.
      Éuma pena que muitas placas vão para o lixo eletronico.
      Outro dia vi um video no youtube que me deixou chateado. Um cara mostrando centenas de processadores em condições de operação, a maioria pentium mmx sendo desmanchados para retirada de algumas miligramas de ouro.
      Quanto a dessoldagem de componentes, principalmente em placas antigas, é interessante dar uma “molhadinha” com solda de baixo ponto de fusão. O componente sai mais rapido poupando as trilhas.

      Excluir
    2. Para os ferros de menor potência é uma boa dica, com os de 60 W ou superiores fica mais fácil pois a solda derrete rápido e já dá para entrar com o sugador. E sim, esse Pentium Pro seria destroçado para retirar o ouro, infelizmente.

      Excluir

Postar um comentário