Algumas limitações do Windows 10 ARM

Nem tudo são flores na compilação ARM do Windows 10. Há algumas limitações importantes que devem ser levadas em conta se você deseja embarcar na plataforma.



Conforme divulgado pela própria Microsoft, as principais limitações são as seguintes:

  • Drivers de dispositivos: apenas aqueles compilados para ARM64 funcionarão. Se o dispositivo somente tiver drivers x86, você tem duas opções: senta, chora e espere que o fabricante do dispositivo libere o driver, ou então você pode recompilar o driver para ARM64 (se tiver o código-fonte, é claro);
  • Aplicações x86-64: somente as x86 tradicionais de 32 bits funcionam;
  • OpenGL: sabe aquele joguinho em OpenGL que você curte? Ele terá que ser portado para DirectX (da versão 9 à 12), assim a boa vontade do desenvolvedor é especialmente necessária;
  • Há também limitações como a falta de suporte ao Hyper-V e a aplicações que interagem de forma mais intensa com a interface do Windows, como clientes de serviços de armazenamento na nuvem.

A tendência é que ao longo do tempo estas limitações sejam gradativamente resolvidas. O problema é que dado o histórico recente da Microsoft, como o Windows RT e o Windows 10 Mobile, ficamos com a pulga atrás da orelha. Talvez a Dell tenha sido sábia em não apostar no Windows 10 ARM agora.

Comentários