Montando um novo PC-XT: instalação e benchmarks dos processadores Intel 8088 e NEC V20

Chegou a hora dos processadores Intel 8088 e NEC V20 serem avaliados. Veja aqui como eles se saíram!


Intel 8088

Senhoras e senhores, eis aqui o processador que marcou a aurora dos computadores pessoais, o Intel 8088!


As características técnicas do D8088-2 são as seguintes:

  • Registradores de 16 bits;
  • Barramento externo de 8 bits com acesso a até 1 MB de RAM;
  • Encapsulamento DIP de 40 pinos;
  • Frequência de operação de 8 MHz;
  • 29 mil transístores;
  • Tensão de alimentação de 5 V;
  • Lançado em junho de 1979.


O glorioso D8088-2 instalado ao lado do coprocessador Intel 8087:



O Norton System Info 6.01 identificou a frequência do processador em 10 MHz. Provavelmente isto é devido ao circuito gerador de frequência da placa mãe, e assim o D8088-2 está rodando com um pequeno overclock.


O índice de CPU medido foi rigorosamente o mesmo do obtido pelo AMD 8088. Nenhuma surpresa, visto que apesar de serem produzidos por fabricantes diferentes o projeto do processador é exatamente o mesmo, como era normal na época.


Em tempo, a página de compilação de benchmarks foi remodelada. Confira! 😉

NEC V20

Desenvolvido pela NEC do Japão, o V20 não é um simples clone do 8088 e tem algumas melhorias, apesar de ser compatível pino a pino com o processador da Intel. As características técnicas do V20 são as seguintes:

  • Conjunto de instruções no mesmo nível do Intel 80186 (ou seja, mais completa do que a do 8088);
  • 29 mil transistores;
  • Teve frequências de operação de 8 a 16 MHz;
  • Possui um modo de emulação do processador 8080;
  • Lançando em 1984.


A remoção e instalação de chips no formato DIP requer muito cuidado, principalmente para não entortar ou quebrar os frágeis pinos do processador, além de observar a polaridade do mesmo indicada pelo chanfro existente em um dos lados do chip. Para a retirada recomendo fortemente o uso de um removedor de CIs como este:


Abaixo vemos o NEC V20 instalado ao lado do Intel 8087. A seta indica o jumper que deve ser ajustado quando muda-se o processador do 8088 para o V20 e vice-versa.



O Norton System Info 6.01 identificou que o V20 está rodando a 15 MHz. Particularmente não creio nisto devido ao circuito gerador de frequência da placa mãe, que é de 10 MHz.


Relatório de uso dos vastos 512 KB de RAM: 😁


Na época dizia-se que o V20 era em média 30% mais rápido do que um 8088 de mesma frequência. Bem, ao menos no índice de CPU do Norton a diferença ficou em apenas 5%.


Por ter um conjunto de instruções mais completo o V20 é capaz de rodar muitos softwares que não funcionam no 8088. Por exemplo, o SpeedSYS 4.78 (que não funciona no 8088) até rodaria no V20 caso o mesmo tivesse uma placa de vídeo VGA. (O SpeedSYS na verdade exige um 80386 para rodar, conforme vimos na postagem sobre o Harris 80286 de 25 MHz).


O PC-Config 8.20 é um exemplo de software que roda no V20 mas não no 8088. Aqui a frequência do processador foi identificada em 9,5 MHz, a qual considero bem mais próxima à realidade:


Um gerenciador de dispositivos para MS-DOS rodando em um XT com monitor CGA... 😛


O V20 obteve 159 no índice de desempenho do PC-Config. Para efeito de comparação, este índice é mais de 600% inferior ao do vice-lanterna da tabela Harris 80286 que obteve 1160. A evolução do hardware nesta época impressiona, ao contrário de hoje onde certa fabricante de processadores lança profusões de gerações com no máximo 15% de diferença entre elas.


É isto aí! Aos poucos estou retomando os ensaios com hardware clássico. Vem muita novidade legal pela frente, aguardem!

Anterior:

Comentários

  1. Eu não creio que o V20 rode o Speedsys 4.78, uma vez tentei rodar ele num Harris 25 MHz e ele recusou, provavelmente o Speedsys exija um processador de 32 bits para rodar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, depois que li o seu comentário busquei a postagem sobre o Harris 286 (http://www.michaelrigo.com/2015/07/ressuscitando-um-antigo-286-parte-8.html) e observei que realmente o SpeedSYS exige um 386. Estou ficando velho.

      Excluir
  2. Poderia fazer um comparativo entre o 8088 e 8886 (V20 e V30, versão NEC) para ver se um 16bits puro é mais rápido que um 16/8 bits. Pois, a diferença entre um 8088 e um 286 é gritante, mesmo na mesma frequência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu conseguir um 8086 ou V30, certamente será um bom comparativo.

      Excluir

Postar um comentário

Mais lidas da semana

Testando um Bulldozer

Santo Rufus!