Boas novas sobre os relançamentos da Nintendo

Nintendo anuncia que retomará a produção do NES Classic Edition e que reforçará a fabricação da versão equivalente do SNES, que deverá ser lançado no Brasil por um preço nada convidativo (como sempre).


O NES Classic Edition foi uma febre no ano passado e continua sendo até hoje, e a sua descontinuação deixou muita gente triste por não ter conseguido comprar o simpático console (que estava atingindo preços cada vez mais altos no Ebay e afins). Para justificar, a Nintendo afirmou que foi pega de surpresa pela alta demanda e que não teria capacidade fabril para manter a produção.

Pois bem, a empresa encontrou uma forma de ampliar a capacidade de produção e irá retomar a fabricação do NES Classic Edition. O relançamento deverá ser no ano que vem, mantendo o preço de US$ 60 e a mesma lista de jogos. A outra boa notícia é que a produção da edição clássica do SNES será reforçada, de modo a atender a grande procura pelo console que será lançado nos EUA no próximo dia 29 por 79,99 trumps.

E o Brasil? Bem, há planos de lançar o SNES Classic Edition aqui na propinolândia pela JVLat, que é proprietária da Gaming do Brasil. O preço? Nada menos do que módicos R$ 999, com lançamento previsto para o dia 20 de outubro. Crise? Que crise? O Brasil é um país de milionários! 

Fonte: Tecnoblog.

Comentários

  1. 999! Hahaha. Até 500 eu estava, meio a contra gosto, disposto a gastar pelo valor sentimental. Agora 1000 é muito desaforo. Já nos transformamos na Coreia do Norte?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para virarmos a Coreia do Norte ainda falta um pouco, estamos mais para a Venezuela e Cuba!

      Realmente esse preço é impagável. O melhor é comprar direto nos EUA (na Amazon e afins) e usar um serviço de redirecionamento de endereço tipo o MyVIPBox. Mesmo se for tributado ainda vai ficar muito mais barato.

      Ou então procurar algum "importador" no Mercado Livre que não seja muito ganancioso.

      Excluir
    2. O pior é que nem dá para usar os cartuchos que temos. Podem falar o que quiser do Novo Mega Drive, mas pelo menos podemos usar (a maior parte dos) nossos cartuchos e ainda rodar ROMs por menos de 500$. Até 600$ eu pegaria esse SNES Mini. A real é que não tem carga tributária que justifique esse preço indecente.

      Excluir
    3. Eu já prefiro achar um SNES usado em bom estado... :-)
      Assim como fiz com o Mega Drive e o Sega CD.

      Excluir

Postar um comentário