Segundo IDC, o Windows Mobile está com os dias contados

É isto mesmo que você leu: conforme estudo do conceituado IDC, o sistema móvel da Microsoft deverá desaparecer do mercado até 2021, se a tendência de encolhimento do seu market share se mantiver nos próximos anos. Ainda conforme o supracitado estudo, em 2021 o Android terá 85% do mercado e o iOS 14%, algo não muito diferente dos dias atuais.

Conforme afirmei na postagem sobre o Nokia Lumia 630, o maior problema do Windows em dispositivos móveis é o Teorema da Tostines: os desenvolvedores não produzem para Windows Phone/Mobile por estes terem poucos utilizadores, e os utilizadores não compram aparelhos Windows pela falta de apps. 

E parece que a Microsoft não terá forças para reverter este quadro, o que é uma pena, visto que o mercado concentrado nas mãos do Google (principalmente) e da Apple não é bom para ninguém: é só ver o que acontece nos PCs, onde ironicamente é o Windows que ocupa o lugar do Android.

Como diria a genial banda Pink Floyd, a cada dia você está mais perto da morte. E para o sistema móvel da Microsoft, isto é ainda mais perturbador.

Nokia Lumia 630 com o Windows Phone 8.1

Comentários

  1. Respostas
    1. Acho que já nasceu agonizando... rsrs
      Tudo culpa do Ballmer!

      Excluir
  2. Mesmo morto-vivo eu acabei de comprar um Lumia 930, meu sonho de muito tempo! E se tivesse mais dinheiro compraria um Blackberry Z30, outra tetéia que quero. Que gostos, hein? :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns! :-)
      O Windows Phone/Mobile não é um sistema ruim, longe disso. O problema é que a Microsoft perdeu o bonde dos mobiles e está pagando por isto, principalmente devido a uma teimosia do então CEO Ballmer.

      Excluir
  3. Exatmente devido ao gap de timing que agora ela está tentando fazer um PC/Mobile rodando aplicativos x86, podemos ter um novo salto tecnologia como o AINPhone de 2007.

    ResponderExcluir
  4. A derrocada do WP começou quando a MS inventou de criar o tal ecossistema Windows. O WP 8.1 foi o ápice do WP. Nessa época o WP era uma ameaça a médio prazo. De repente o setor mobile da MS sofreu um apagão. Promessas não foram cumpridas (como de levar o W10M para todos os aparelhos Lumia WP8), o privilégio do W10 sobre o W10M, disse-me-disses, etc. Aí deu no que deu. Temos a MS com um sistema promissor, porém natimorto, por conta da sua própria prepotência, burrice ou o que seja, a Google que perdeu o rumo do seu próprio sistema e a Apple que possui aparelhos e sistema operacional dignos de nota, mas que cobra dois rins para quem quiser ir para o lado da maçã.

    ResponderExcluir

Postar um comentário