Como a obsolescência programada limita as suas escolhas

Suponha que você seja um feliz proprietário de um Intel Kaby Lake ou AMD Ryzen e não gosta do Windows 10, o que é um perfeito direito seu. É só instalar o 7 (ou o 8.1), correto? Bem, infelizmente não. A Microsoft decidiu que estes processadores são modernos demais para o “idoso” Windows 7 e, assim sendo, o sistema não mais receberá atualizações caso tais modelos estejam instalados.

Reproduzo a fatídica mensagem de erro abaixo:


Hardware sem suporte
Seu PC usa um processador sem suporte nesta versão do Windows, e você não receberá atualizações.


E também:


O Windows não pôde procurar novas atualizações
Ocorreu um erro durante a procura por novas atualizações para o seu computador.
Erro(s) encontrado(s):
Código 80240037 O Windows Update encontrou um erro desconhecido.


A solução segundo a Microsoft é muito simples: basta atualizar para o Windows 10! É isto aí, agora quem prefere o Windows 7 (o sistema operacional mais utilizado no mundo, ainda atual e que terá suporte até 2020) não tem mais o direito de fazer um mero upgrade de hardware. Valeu Microsoft! Em tempo, o processador Qualcomm 8996 também entra no mesmo balaio.

Quer comprar um Intel sétima geração ou AMD Ryzen e prefere o Windows 7? Não deixe de manifestar toda a sua insatisfação nos canais oficiais da Microsoft. Estou com vocês.

O Windows 7 ainda é o sistema operacional favorito de muitos, com méritos

--------------------------------------

Gostaria de aproveitar o ensejo para trocar umas palavras com vocês. Eu estava confiante que a tão aguardada postagem com os benchmarks das duas GTX 1070 sairia hoje, porém devido a um detalhe que deixei passar terei que refazer os testes do zero. A postagem estava prontinha e boa parte dela será jogada no lixo, realmente uma pena, mas prefiro fazer isto do que trazer dados incorretos ao meu público. Na semana que vem sai sem falta!

Comentários

  1. Não é dada nenhuma razão técnica objetiva. Daí fica complicado não inferir que a manobra trata apenas de forçar o pessoal a migrar para o Windows 10, com o provável objetivo de dar gás na Universal Windows Platform.

    Eu entendo que manter bases de código obsoletas dá trabalho. Seria algo como certificar o RHEL 5 a rodar nos Ryzen. Contudo, o caso do Windows 8.1 é grave, pois o sistema ainda está no período de suporte normal...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. Não há qualquer justificativa!

      Excluir
  2. Estratégia sem vergonha para nos enfiar goela abaixo o W10. Será um sinal de desespero?. No entanto, no caso dos PCs com esses novos processadores, Linux está aí para isso: considerem migrar de plataforma e deixem a MS saber...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A própria AMD declarou que não daria suporte aos Windows anteriores... Intel, AMD, M$... todas juntas nessa palhaçada.

      Excluir

Postar um comentário