Ladrões virtuais pé de chinelo (2)

Estava este que vos escreve navegando tranquilamente a partir do seu Moto G2 com Android 6 quando mensagens ameaçadoras surgiram na tela. Ai que meda!








Caramba! Descobriram o meu fetiche que é navegar em sites pornôs xexelentos! Como foi que calcularam que 28,1% do meu telefone foi destruído, inclusive as minhas “Potos”? 

O meu telefone será destruído a sério, OH MY GOSH!
















Será que o vírus comeu toda a energia da bateria ao ponto de danificá-la? Mas que guloso!


















A bateria além de infectada também foi danificada! E agora, quem poderá me defender?










Falando sério, devo admitir que estes golpes são muito mais bem feitos do que aquele que mostrei anteriormente. Caso você seja surpreendido por estas mensagens fique tranquilo pois não há nada de errado com o seu telefone - basta fechá-las pelo gerenciador de aplicações sem abrir os links (botões) que são mostrados.

Veja também:

Comentários

  1. Também já vi desses. E o mais interessante (?) é que alguns usam a API Vibration (suportada no Chrome e no Firefox: https://developer.mozilla.org/en-US/docs/Web/API/Vibration_API) e, ao tentarmos sair usando botão voltar do Android, acionam o vibracall por vários segundos. Confesso que na primeira vez levei um leve susto (bem de leve... hehehe).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, deve ser para simular os "vírus de bateria"... :p

      Excluir
  2. Nesse ponto o windows phone é o linux dos mobiles. Ninguém dá bola para desenvolver vírus para ele :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaahahah com certeza, mas fique tranquilo que 2016 será o ano do windows phone! :p

      Excluir
  3. Pensando na cena. A pessoa colocando a bateria do Moto num vidro de conserva com tampa e chamando o pessoal da vigilância sanitária, pra verem se não é Chikungunya.

    ResponderExcluir

Postar um comentário