Computador Amiga dos anos 1980 gerencia a climatização de dezenove escolas nos Estados Unidos

Como diria aquele “velho deitado”, não conserte o que não está quebrado! No distrito de Grand Rapids no estado de Michigan, dezenove escolas públicas têm os seus sistemas de climatização controlados por um antigo computador Commodore Amiga 2000 comprado nos anos 1980, com um pequeno detalhe: o computador está ligado de forma ininterrupta desde que foi colocado em operação. Wow!

O Commodore Amiga 2000 em operação no distrito de Grand Rapids


O Amiga 2000 se comunica com as escolas através de um modem de 1,2 Kbps acoplado a um transmissor de rádio e controla o acionamento dos boilers, do ar-condicionado e monitora a temperatura de diversos ambientes. De acordo com o encarregado da manutenção do sistema, o computador manda um sinal para as dezenove escolas e em questão de segundos recebe a resposta contendo o status de cada um dos prédios. A substituição por um sistema moderno custaria algo em torno dos dois milhões de dólares aos contribuintes do estado de Michigan e este é um dos fatores que fazem o velho Amiga continuar em uso.

Outro exemplar do Amiga 2000


Em tempo, eis as especificações básicas do Commodore Amiga 2000:

  • Processador Motorola 68000 de 16 bits rodando a 7,16 MHz;
  • 1 MB de RAM, expansível a até 9 MB;
  • Paleta de cores de 12 bits ou 4096 cores;
  • Áudio estéreo com resolução de 8 bits;
  • Opção de disco rígido SCSI;
  • Unidade de disquete de 3,5” e 880 KB;
  • Sistema operacional Amiga OS 1.2, 1.3 ou 2.0;
  • Lançado em 1987 e descontinuado em 1991.

Este é um perfeito exemplo de como sistemas e hardware antigo ainda podem ser bastante úteis, livrando-os de outros destinos nada louváveis. Quando eventualmente o Amiga for substituído tenho sérias dúvidas se o novo sistema conseguirá oferecer a metade da confiabilidade.

Comentários

Postar um comentário