Weekend Fun: Montando um PC Linux

Saudações a todos! Neste último final de semana decidi finalmente concluir a montagem de um PC exclusivo para o Linux, de modo a poder testar o sistema operacional em uma situação mais próxima à da vida real – máquinas virtuais são bastante legais, mas não reproduzem fielmente a experiência obtida com um PC físico. Desta forma, juntei mais um apanhado de peças as quais deram origem ao meu “TuxBox”: confira os detalhes aqui!

Processador Intel Celeron E3300


Os componentes do “TuxBox” são os seguintes:

Processador Intel Celeron E3300 2,5@3,2 GHz. Dois núcleos, barramento frontal de 800 MHz (200 MHz Quad Data Rate - QDR), soquete LGA 775, 1 MB de cache L2 com a solução de refrigeração padrão da Intel. Este processador possui litografia de bons 45 nm, o que o deixa com boas possibilidades de overclock: foi possível atingir 3,2 GHz sem qualquer alteração na tensão de alimentação do processador, apenas aumentando o barramento frontal para 255 MHz (QDR).

Placa mãe Asus P5KPL-AM/BR. Com chip ponte norte Intel G31 e ponte sul Intel ICH7. Foi utilizado o vídeo integrado do chip G31 (o Intel GMA 3100) porém a placa também possui um slot PCI Express x16, o que permite futuramente colocar uma placa de vídeo discreta.



2 GB de RAM Kingston DDR2-800. Dois módulos de 1 GB no modo de dois canais.



Disco rígido Maxtor DiamondMax Plus 9 de 80 GB e 7.200 rpm. Com 2 MB de cache e interface PATA/IDE UDMA6 (133 MB/s).



Fonte ATX Vcom (genérica) de 400 W. Era o que eu tinha para o momento... :-)

Monitor AOC de 21,5” Full HD LED modelo E2250 SWN.

Gabinete ATX padrão.

Montagem concluída

Foi o melhor que pude montar com componentes de sobras de peças, e neste conjunto será instalado o novo Xubuntu 14.10 de 64 bits. O Xubuntu é uma variação do Ubuntu com o gerenciador de janelas XFCE, bem mais leve e mais “desktop” do que o gerenciador Unity que é o padrão do Ubuntu, mas que mantém toda a musculatura e facilidades deste tais como o gerenciamento de pacotes herdado do Debian (o apt).

Finalizando, esta máquina em conjunto com o VirtualBox será o ambiente onde reproduzirei os vindouros artigos sobre o Linux aqui no Blog. Aguardem as cenas dos próximos capítulos!

Veja também:

Comentários