Especial Windows Server 2012 R2 (Parte 6 - Instalando o Servidor de Atualizações)

Em mais uma parte do especial sobre o Windows Server 2012 R2, mostrarei a instalação do seu servidor de atualizações de sistema do Windows (e de outros produtos Microsoft) também conhecido pela sigla WSUS - Windows Server Update Services. Uma boa leitura!


A principal função de um servidor de atualizações Windows Server é armazenar um cache local dos pacotes de atualização de sistema de diversas versões do Windows e de outros produtos da Microsoft, como o Office. Com um servidor WSUS na rede, as estações de trabalho passam a buscar nele as atualizações de sistema quando é executado o Windows Update, ao invés de fazerem a busca diretamente nos servidores da Microsoft pela Internet.

Ter um servidor WSUS na rede interna traz várias vantagens para a empresa e o administrador de rede:

  • Centralização e gerenciamento da instalação das atualizações: o WSUS permite autorizar ou não a aplicação de qualquer atualização. Isto é útil, por exemplo, para evitar que uma atualização que tenha algum efeito colateral conhecido seja aplicada nos PCs da empresa. Por exemplo, recentemente houve o caso de uma atualização para o Windows 7 que em algumas situações impedia o Windows de inicializar, a qual foi corrigida pela Microsoft alguns dias depois. Imagine isto em inúmeros PCs corporativos;
  • Manter a uniformidade das atualizações: é possível manter todos os computadores da organização executando exatamente a mesma versão do Windows, até a nível das atualizações;
  • Criação de grupos de computadores com atualizações diferenciadas;
  • Relatórios sobre o status dos PCs e da aplicação (ou não) das atualizações;
  • Economia de banda da Internet: como os PCs da rede interna buscarão os arquivos das atualizações no servidor WSUS ao invés de baixá-los da Internet, isto permite uma economia no uso da franquia de dados da conexão com a Internet.

A instalação

Até o Windows Server 2008 R2 a instalação do WSUS era feita por um pacote discreto. A partir do 2012 ele passou a fazer parte das funções do servidor. Assim sendo, entre no famoso Add Roles and Features a partir do Server Manager e marque a opção Windows Server Update Services. Clique então no botão Add Features. Note que o WSUS requer para o seu funcionamento algumas funções do IIS, que é o servidor Web padrão do Windows Server.


Nesta tela e na próxima (Things to note...) clique em Next para prosseguir.


Aqui deve-se prestar atenção. Por padrão são instalados os serviços do WSUS e a engine WID (Windows Internal Database) necessária para a criação do banco de dados que armazena informações sobre as atualizações. Também é possível utilizar um servidor rodando o Microsoft SQL Server para armazenar o banco de dados do WSUS, que pode tanto estar instalado no mesmo servidor quanto em outro equipamento na mesma rede. Neste caso, desmarque a opção WID.


Agora devemos indicar o local onde os arquivos das atualizações serão armazenados. Recomendo uma partição ou disco rígido distinto do sistema operacional com ao menos 500 GB de espaço livre.


Como o WSUS na verdade cria um site de atualizações idêntico ao Windows Update, também é necessário instalar algumas funções básicas do servidor Web IIS.


Mantenha as opções padrão selecionadas e clique em Next.


Clique em Install para finalizar.


Após a instalação é necessário autorizar e inicializar o servidor WSUS. Para isto, no Server Manager, selecione WSUS na lista no painel da direita. Agora clique no link More... ao lado do texto destacado em amarelo.


Na tela exibida, clique no link Launch Post-Instalation tasks.


Aguarde a inicialização dos serviços do WSUS. Após a conclusão feche a janela exibida e reinicie o equipamento servidor.


Por fim, como a implementação de um servidor WSUS possui certas particularidades, decidi abordar a sua configuração na próxima parte deste especial para não correr o risco de deixar algum detalhe de fora ou de que a postagem fique muito longa e cansativa. Uma das metas que eu tenho para o Blog é trazer sempre informações de qualidade aos meus leitores, mas também que os textos sejam de fácil compreensão e cuja leitura seja a mais agradável possível.

Até a próxima parte! :-)

Próximo:

Comentários