AMD apresenta os Ryzen Mobile

Depois de sacudir o mercado de processadores para desktops, a AMD também pretende entrar com tudo no segmento de produtos para computação móvel, de onde ela estava ausente há muitos anos. Viva a concorrência!


Eis os modelos:

Ryzen 2700U

  • Quatro núcleos e oito threads;
  • Frequência de operação de 2,2 GHz a até 3,8 GHz;
  • Chip gráfico Radeon Vega com dez núcleos e frequência de 1,3 GHz.

Ryzen 2500U

  • Quatro núcleos e oito threads;
  • Frequência de operação de 2 GHz a até 3,6 GHz;
  • Chip gráfico Radeon Vega com oito núcleos e frequência de 1,1 GHz.

As características comuns a ambos são as seguintes:

  • Controlador de memória DDR4 de até 2400 MHz de dois canais;
  • Cache L2 de 2 MB;
  • PCI Express 3.0;
  • Litografia de 14 nm;
  • TDP de 15 W;
  • Suporte às tecnologias HDR e FreeSync;
  • Os demais recursos da arquitetura Zen, tais como o SenseMI e o Precision Boost 2.

Os primeiros notebooks com os Ryzen Mobile deverão chegar no início de 2018. Agora até dá vontade de comprar um aparelho novo!

Fonte: AMD.

Comentários

  1. Segundo a AMD o Precision Boost 2 já vai estar presente nos Ryzen 2, pois ela identificou que o causador do problema de baixa performance nos jogos era a forma como o Precision Boost original gerenciava o clock dos núcleos. Provavelmente vai estar presente também nos vindouros APUs desktop. Ano que vem vai ser bonito de ver o lado verde da força.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No meu eu deixo o Precision Boost desativado. :-)

      Excluir

Postar um comentário