O Windows 10 S é oficialmente anunciado

Voltado para dispositivos educacionais de baixo custo, o Windows 10 S é uma versão compacta do sistema operacional da Microsoft para competir com o Chrome OS.



Conforme o anúncio da Microsoft feito no evento Microsoft EDU, o Windows 10 S é voltado para estudantes e virá juntamente com dispositivos portáteis que custam a partir de 189 trumps. A sua maior limitação é permitir a utilização de aplicações exclusivamente obtidas pela Windows Store - aplicações desktop tradicionais até podem ser utilizadas, desde que convertidas para UWP. Acompanhará o sistema os softwares Office 365 for Education, Minecraft Education Edition (oh yeah!) e o Microsoft Teams, e caso o utilizador não fique contente com o sistema será possível atualizá-lo para o Windows 10 Pro por módicos US$ 49,99.

O Windows 10 S é claramente voltado para competir com o Chrome OS, visto que os Chromebooks dominam o mercado de aparelhos voltados para o setor educacional. A Microsoft promete um sistema bastante otimizado, plenamente adaptado às limitações de tais aparelhos e com baixo impacto no consumo de energia. Vários fabricantes tais como a Acer, Asus, Dell, Fujitsu, HP, Samsung e Toshiba já anunciaram que irão produzir dispositivos com o Windows 10 S, que tem lançamento previsto para o segundo semestre deste ano.

Comentários

  1. Seria bom que vingasse. A atual calamidade em que se encontra a segurança dos Windows operados por leigos ("soluções de segurança" são risíveis) só será resolvida de fato com o fim da disponibilidade de aplicativos Win32 para a grande massa. Eu, como geek/nerd/whatever sei que *para mim* seria um pé no saco, pois muitos programas de produtividade são Win32-only, porém consigo ver que para leigos é a única saída. O problema é aparecer bons aplicativos na Windows Store, quando os próprios aplicativos da Microsoft não são grande coisa e quando os desenvolvedores já largaram o Windows Mobile de mão faz tempo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário