Confira as dicas da AMD para melhorar o desempenho dos Ryzen em jogos


A AMD publicou em seu blog oficial algumas dicas para melhorar o desempenho dos processadores Ryzen, principalmente em jogos. Algumas são velhas conhecidas nossas como atualizar o firmware das placas mãe, porém outras são mais ousadas. Confira:

Atualize o firmware da placa mãe

O velho procedimento de atualização de BIOS continua mais válido do que nunca, e conforme a AMD melhora tanto a performance quanto a estabilidade do sistema com uma CPU Ryzen.

Use módulos de memória mais rápidos

A AMD recomenda módulos que sustentem uma taxa de transferência de ao menos 3200 MT/s. Eis as combinações de memória suportadas pelos Ryzen (clique na imagem para ampliar):


Note que módulos DDR4-3000 e 3400 não são suportados.

Mude o plano de gerenciamento de energia

No Windows 10 altere o plano de “Equilibrado” para “Alto desempenho”, o qual desabilita a função Core Parking que coloca em modo de economia núcleos do processador ociosos, deixando desta forma todos os núcleos dos Ryzen sempre em prontidão. O plano “Alto desempenho” também habilita as trocas rápidas de frequência do processador, um dos novos recursos da arquitetura Zen.

Overclock (!)

Segundo a própria AMD, um Ryzen 7 1700 tem grandes chances de atingir 3,9 GHz com estabilidade. Esta é a primeira vez que uma fabricante de CPUs incentiva a prática sagrada do overclock, palmas para a AMD!

Resultados

Em testes conduzidos pela AMD no utilitário de benchmark do jogo F1 2016, realizar os procedimentos propostos em conjunto com módulos de memória mais rápidos elevou a taxa média de FPS de 98,5 para 133,5, enfim, um ganho nada desprezível.

Comentários