HGST inicia as vendas de disco rígido com 10 TB

Nove meses após o anúncio oficial, a HGST (uma subsidiária da Western Digital) finalmente anunciou o início das vendas da sua unidade com 10 TB de capacidade voltada para o mercado corporativo, a qual utiliza gás hélio internamente e conta com a tecnologia Shingled Magnetic Recording (SMR), ou gravação magnética em telhas. Nesta tecnologia as trilhas de dados na superfície magnética do disco são posicionadas com uma pequena sobreposição, em um arranjo que lembra telhas em um telhado, o que permite ampliar a densidade de armazenamento - em outras palavras, aumenta a quantidade de dados que são gravados em um mesmo espaço físico.


As suas especificações básicas são as seguintes:

  • Interface SATA3 ou SAS;
  • Tamanho físico de 3,5”;
  • Rotação de 7.200 RPM;
  • Memória cache de 256 MB;
  • Taxa de transferência típica de 157 MB/s;
  • Tempo de busca típico de 8,5 ms;
  • Expectativa de vida útil de 5 anos no regime 24 X 7.

Sem dúvida é uma ótima unidade que deverá fazer sucesso em servidores e data centers, e a capacidade de 10 TB é um marco para a computação. Impressiona a possibilidade de armazenar tamanha quantidade de dados no mesmo espaço físico que há três décadas mal comportava 10 MB.

Comentários