Conheça quais serão as edições do Windows 10

Com o lançamento do Windows 10 cada vez mais próximo, a Microsoft finalmente revelou quais edições haverão para o novo sistema operacional. Confira:

  • Home: voltada a usuários domésticos, será similar às edições padrão do Windows 8.X e ao Windows 7 Home Premium. Contará com os principais recursos do sistema tais como o navegador Edge, a assistente Cortana e com os demais aplicativos (como o Mail). Estará disponível como atualização gratuita (até o primeiro ano após o lançamento) e também terá uma versão em caixinha (mídia física) para venda no varejo;
  • Pro: contém todos os recursos da Home acrescido de funcionalidades como a integração a domínios e o recurso Windows Update for Business. Voltada para usuários avançados e pequenas empresas. Equivalente ao Windows 8.X Pro e ao Windows 7 Professional/Ultimate. Estará disponível como atualização gratuita e no varejo;
  • Enterprise: contém todos os recursos da Pro além de outros voltados para médias e grandes empresas, e estará disponível apenas em contratos de licenciamento por volume (Volume Licensing);
  • Education: para estudantes, professores e instituições que participem de programas de parceria com a Microsoft;
  • Mobile: para smartphones e tablets. Contará com o modo Continuum e será uma atualização gratuita para aparelhos com o Windows Phone 8.1;
  • Mobile Enterprise: para os dispositivos móveis empresariais;
  • IoT Core: baseada no conceito Internet of Things (Internet das coisas) será voltada para dispositivos como pontos de venda, caixas eletrônicos e sistemas de automação industrial.

Na minha opinião, desde o Vista a Microsoft vem exagerando nas edições do Windows. Não seria bem mais simples se houvessem apenas uma edição doméstica (baseada na Pro), uma empresarial (a Enterprise), uma mobile e a voltada para dispositivos industriais (a IoT)? Concordam comigo? Deixe a vossa opinião nos comentários!


Comentários

  1. Windows Mobile... de volta aos velhos tempos, só que com a versão no meio ao invés do final. :-|

    Eu não abreviaria mais o "Professional". Dá azar. Quando não teve o "Professional", grafado assim, que a coisa desandou: Vista e 8! kkk Ou quem sabe "Workstation" seja alternativa para trazer o bom karma do NT 4.0... :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando vi o Mobile também tive este déjà-vu! rsrs
      Concordo que o nome Workstation poderia ser uma boa, pelos saudosos tempos do NT4. Já o Professional também invocaria o ótimo Windows 2000, na minha opinião um dos melhores Windows já feito.

      Excluir

Postar um comentário