Microsoft remove opção de escolha do navegador dos Windows vendidos na Europa

Vocês se lembram da pendenga jurídica que rolou entre a Microsoft e a União Européia sobre a integração do Internet Explorer no Windows, a qual começou ainda nos anos 1990? Pois bem, em 2009 ambas entraram em um acordo onde a Microsoft se comprometeu, durante cinco anos, exibir uma tela que permitia a escolha do navegador a ser utilizado nos Windows comercializados no mercado europeu.

Tela de seleção dos navegadores que estava presente nos Windows vendidos na Europa

Recentemente o prazo de validade deste acordo expirou e a Microsoft, com a velocidade de um relâmpago, removeu esta tela do Windows europeu - na minha opinião nada mais justo, pois sempre achei tal ação algo simplesmente ridículo, em um perfeito exemplo de que o choro é livre e que não tem fronteiras. E além do mais, o Internet Explorer é tão ruim que mesmo integrado no Windows vem perdendo participação no mercado seguidamente, tendo recebido o ingrato apelido de Chrome downloader ou ainda Firefox downloader... :p

Comentários