Windows eXPired (3)

Soaram as trombetas do apocalipse. Hoje, dia 8 de abril de 2014, o Windows XP foi oficialmente declarado morto. Foram quase treze anos de vida (ele foi lançado em outubro de 2001), que no início foi tumultuada - surgiu como um sistema imaturo (com diversos problemas relacionados à segurança) e somente atingiu a maturidade três anos depois, com a segunda versão do seu pacote de atualizações.


Antes da agonia final, porém, o paciente recebeu suas últimas atualizações: duas críticas relacionadas às versões 6 (alguém ainda usa isso?) e 8 do Internet Explorer além de algumas outras que não foram classificadas como críticas. Sendo agora um sistema com a vida útil encerrada e sem suporte do fabricante, o XP tende a sofrer cada vez mais com vulnerabilidades, brechas de segurança, malwares e todo o tipo de software malicioso. 

Se eu fosse um gerente ou diretor de TI e a minha empresa tivesse um grande parque de máquinas com XP eu estaria no mínimo bastante preocupado, como é o caso dos caixas eletrônicos de muitos bancos - no caso dos bancos brasileiros, por incrível que pareça, o Banco do Brasil e a Caixa migraram os seus caixas para Linux há alguns anos. Mas os bancos não são os únicos: segundo o site NetMarketShare, o XP ainda tem mais de 27% do mercado e com certeza grande parte deste número são de PCs corporativos. Muitas equipes de TI terão bastante trabalho nos próximos meses...

A recomendação é apenas uma: nos equipamentos cujo hardware comporte, instalar o quanto antes uma nova versão do Windows, seja o 7 ou o 8.1. Caso não comporte, afastar o equipamento de operações críticas até o mesmo ser substituído. Para você, usuário final, reforço a recomendação que fiz no primeiro artigo desta série: evite fazer transações bancárias, com cartão de crédito ou outro tipo de operação que envolva dados críticos e/ou sigilosos a partir de uma máquina com Windows XP.

Outro software que também se despede de nós na mesma data é o Microsoft Office 2003 que, assim como o XP, recebeu a sua última leva de atualizações e também ainda é utilizado largamente em muitas empresas.

Próximo:

Comentários

  1. Antes tarde do que nunca, essa é a frase que resume esse dinossauro, sistema bom para sua epoca, pois unificou o kenel do windows 2000, baseado no NT, para PCS de usuários, mas tudo tem seu tempo, e infelizmente está na hora de dizer tchau lilica para ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele foi projetado no final do século passado para o hardware daquela época... e sem uma maior ênfase em segurança como as versões posteriores do Windows. Estava fazendo hora extra há muito tempo.

      Excluir
  2. Exatamente, a parte de segurança dele hoje é bem ultrapassada, e ele só ficou realmente bom após o Service Pack 2, antes era um sistema bem complicado do ponto de vista de segurança, era muito fácil atacá-lo. Além de não ter várias melhorias trazidas pelo Vista posteriormente, que deixaram o Windows bem mais protegido.

    ResponderExcluir

Postar um comentário