RetroUnboxing e primeiras impressões: coprocessador aritmético Intel 80287XL

Conheça o lendário coprocessador 80287. E o melhor: na embalagem original!


O 80287 pode lhe ajudar a poupar tempo: 😄


Conforme a publicidade no verso, o 80287 promete melhorar a performance em até 500% dos programas de apresentações, banco de dados, CAD e planilhas eletrônicas.



O kit completo do 80287XL. O disquete de 5,25” e 360 KB contém um programa de diagnóstico:


O manual de instalação e um folheto sobre o Intel FaxBACK, que era uma espécie de canal de suporte e newsletter, tudo via fax. Outros tempos…


As instruções de instalação:


As características técnicas do Intel 80287 são as seguintes:
  • Frequência de 4 a até 12,5 MHz;
  • Tensão de alimentação de 5 V;
  • Litografia de 1 µm;
  • Encapsulamento DIP de 40 pinos.

Em relação ao 80287 padrão, a versão XL na verdade é um 80387 com a pinagem do 287, inclusive podendo ser utilizado em conjunto com os processadores 80386 SX. Segundo a Intel, o XL pode ser até 50% mais rápido do que o 287 padrão.


Removendo o plástico protetor:


Eis o Intel 80287XL. Lindo de morrer!


Instalação

A instalação é igual à de qualquer outro chip no formato DIP: basta localizar o soquete apropriado e inserir o chip conforme a orientação do chanfro, tomando extremo cuidado com os frágeis pinos:



A placa mãe PCChips M-216A utilizada não possui jumpers ou dip switches para habilitar o coprocessador. A configuração é feita apenas no Setup:


O coprocessador deverá estar habilitado no POST:


Software de diagnóstico

No disquete que acompanha a embalagem há este pequeno programa:


O 80287XL foi aprovado nos testes:


O utilitário recomenda que nas primeiras instalações o mesmo fique rodando em loop por, pelo menos, cinco minutos. Foi o que fiz: 😃


É isto aí! O meu PC 286 que estrelou algumas postagens em 2015 está sendo reconstruído e terá algumas novidades bacanas. Aguardem!

Comentários

  1. Ótimo post, sensacional. Este blog é um dos poucos se não o único que revive estas preciosidades da informática, parabéns!. Só uma curiosidade, como o coprocessador matemático 287 roda em 2/3 do clock do processador principal, e seu 286 é de 25 MHz, o coprocessador matemático deve estar overclocado em 16 MHz. Ele não está esquentando demais não? Aliás, o 287XL já utiliza da litografia de 1 mícron, como no 387DX de segunda geração. Litografia esta que foi inaugurada em abril de 1989 com o advento do 486DX, e graças a esta litografia que o 386DX conseguiu chegar aos 33 MHz que bem conhecemos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como será que isso afeta o desempenho do pc? Qual seria a melhor forma de medir? Abraço!

      Excluir
    2. Obrigado! Realmente as informações sobre o 287XL são escassas. Li em um fórum do CPU World de que o XL utiliza um divisor 1/2, ou seja, no caso estaria rodando a 12,5 MHz que é a sua frequência nominal. Atualizei a litografia no texto, valeu!

      Excluir

Postar um comentário