Nvidia Volta: apenas no ano que vem

Anunciada em junho deste ano, a nova arquitetura de GPUs da Nvidia somente estará disponível aos jogadores no ano que vem. Motivo? O alto custo de produção.



Conforme o presidente da companhia Jensen Huang, no momento as GPUs com a arquitetura Volta ainda são bastante caras para serem produzidas ao mercado de consumo (o custo de produção passaria dos mil dólares por chip). Atualmente uma única placa com esta arquitetura está disponível: é a Tesla V100, voltada para aplicações científicas e datacenters. Ainda segundo Huang, as GPUs Pascal continuam a sair-se bem no mercado de jogos e tem uma longa vida útil pela frente.


Infelizmente não há como contestar as palavras do presidente da Nvidia. Os primeiros reviews mostraram que as AMD Radeon RX Vega 64 ficam pau a pau com as GeForce GTX 1080, porém consumindo em média 100 W a mais. Em outras palavras, entregam uma performance de 1080 com o consumo elétrico de uma 1080 Ti. 

Já as Vega 56 ficam no mesmo nível das GTX 1070 (dependendo do jogo) consumindo em torno dos 70 W a mais - e isto sem falar do longo caminho que a AMD ainda tem pela frente na questão da maturação dos drivers.

Enfim, aos que pretendem comprar uma placa de vídeo ainda neste ano as GTX 1080 e 1070 continuam sendo boas alternativas. Dependendo do preço as AMD Vega também o são, desde que você não se importe com o consumo elétrico e o maior aquecimento em potencial.

Fonte: PC Gamer.

Veja também:

Comentários