AGESA 1.0.0.6: nenhuma melhoria prática

Finalmente atualizei o firmware da placa mãe ASRock Fatal1ty X370 Gaming K4 para a novíssima versão do bootstrap da AMD. Porém nada mudou.



Desde que a AMD lançou a versão 1.0.0.6 do AGESA (AMD Generic Encapsulated Software Architecture) muito se dizia Web afora que esta versão trazia diversas melhorias para os sistemas Ryzen, principalmente no que tange à compatibilidade e capacidade de overclock dos módulos de memória.

Assim decidi proceder com a atualização e baixei o firmware na versão 3.00 do site da ASRock, que traz o AGESA 1.0.0.6a. O processo de atualização é bastante simples: basta copiar a imagem do firmware em um pendrive formatado em FAT ou FAT32 e acionar a opção “Instant Flash” na aba Tool do Setup. 


Porém esta nova versão do firmware com o AGESA atualizado não me proporcionou um mísero MHz a mais tanto no overclock do processador quanto das memórias. Sobre estas, já vi em alguns reviews que os módulos Kingston HyperX Fury DDR4-2133 conseguem atingir 3000 MHz sem grandes dificuldades, porém no meu sistema elas continuaram incapazes de superar a barreira dos 2666 MHz.

Sem falar que este novo firmware piorou em um aspecto: com o antigo 2.40, se eu exagerasse no overclock das memórias a placa voltava automaticamente a frequência das mesmas para 2133 MHz depois de um ciclo de reboot, me permitindo entrar no Setup e corrigir o ajuste. Agora com a versão 3.00, se eu extrapolar no overclock só mesmo um Clear CMOS para resolver.

Também é digno de nota que, o bug que impede o acesso ao utilitário de configuração RAID da AMD (teclas Ctrl + R) com um teclado USB conectado continua, mesmo com a opção Fast Boot desabilitada no Setup. Quem sabe em uma próxima...

O BIOS da controladora RAID da AMD não foi atualizado: continua na versão 8.1.0-00046

Enfim, se o vosso sistema Ryzen estiver funcionando bem não há motivos para atualizar para o AGESA 1.0.0.6. Afinal de contas, uma atualização de firmware envolve certos riscos e o velho Murphy sempre pode dar as caras.

Comentários

  1. Murphy sempre está vivo, esses dias atrás eu tentei atualizar a BIOS de uma placa dual processor aqui, mas a atualização não deu certo e QUASE que eu não consigo desfazer o upgrade, foi por pouco. Uma placa difícil de se achar, se não conseguisse desfazer eu nunca me perdoaria por isso. Nerd também sofre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Quando falha a atualização o negócio é não desligar ou reiniciar a placa e tentar novamente.

      Excluir
  2. Aquele bug da instrução FMA3 parece que foi consertado na versão 1.0.0.4a. Eu não consigo ficar com BIOS desatualizado. Começo a tremer... haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é difícil escapar da febre da atualização de BIOS... rsrs

      Excluir
    2. Somos 3. Esses dias quase perdi uma placa da Intel, mas graças a Goku ela se recuperou mudando um jumper e dando boot pelo CD. Passei um bom bocado de pavor, nem almoçar direito consegui, mas no final foi aquela sensação maravilhosa de "É Tetra!" :D

      Excluir
  3. Fiquei extremamente preocupado com isto:

    https://www.phoronix.com/forums/forum/phoronix/latest-phoronix-articles/971859-new-ryzen-is-running-solid-under-linux-no-compiler-segmentation-fault-issue

    A AMD está fazendo RMA de alguns Ryzen e não está claro se os novos tem stepping mais recente ou não. Se há problema no silício, é praxe incrementar o stepping para o software não ficar na mão sem ter como identificar chips defeituosos.

    O único meio é através da data de fabricação pelo que entendi até agora. Modelos livres de problemas são 1725+ (semana 25, ano 2017). Porém não sabemos se TODOS os anteriores são afetados, ou apenas alguns que não fizeram parte de uma boa fornada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita, o meu é 1706, ou seja, das primeiras fornadas do Ryzen.

      Eu li o tópico todo, e conforme uma das postagens o problema também ocorreu com os Skylake e Kaby Lake e foi resolvido com uma atualização do microcode.

      Esperamos que isto também ocorra com os Ryzen.

      Excluir

Postar um comentário