A GeForce MX está de volta!

Nvidia anuncia a GPU GeForce MX150 voltada para computação móvel. Empresa ressuscita nomenclatura que não era usada desda a série GeForce 4.



A nova GeForce MX150 é voltada para dispositivos portáteis tais como ultrabooks, sendo uma solução discreta de baixo consumo e dissipação térmica baseada na GPU GP108 da GeForce GT 1030, com até 2 GB de VRAM GDDR5 dedicados. Espera-se que os modelos de ultrabooks com a GeForce MX150 sejam anunciados na próxima Computex.

A GPU GP108. Fonte: Videocardz

É realmente interessante que a Nvidia tenha ressuscitado a sigla “MX”, mesmo em um produto voltado à computação móvel. A minha primeira GPU de verdade foi uma GeForce 2 MX400 que utilizei em conjunto com o meu Athlon Thunderbird de 1,2 GHz – um dia ainda farei um rebuild desta configuração!

A placa Visiontek GeForce 2 MX400. Tenho ela até hoje! 😄

Em sua época as GeForce 2 MX e MX400 eram as rainhas do custo x benefício (a MX200 era muito fraca, devido ao seu barramento de memória de apenas 64 bits), porém o mesmo não se pode dizer da GeForce 4 MX: ela não tinha a unidade de Pixel Shader que estava presente desde a GeForce 3, não passando desta forma de uma “GeForce 2 bombada”. Sim, foi uma baita canalhice da Nvidia na época.

Enfim, quem sabe a empresa não decida usar a sigla também em GPUs para desktops de baixo custo (porém com bom custo x benefício)? Uma placa GeForce MX 1030 chama muito mais a atenção do que uma insossa GT 1030, não acham?

Comentários

  1. Ah, como eu sonhava com um uma GF 2 MX400. Era a mais possível de se ter, já que o sonho máximo, a Ulta, era impossível para um réles mortal como eu...
    Nas lan houses da minha cidade o que mais tinha eram Athlon XP com GF 4 MX440, com a galera jogando Mu Online, Ragnarök, Gunbound, Tibia, Need Underground e CS.
    A marca MX tá no coração dos verdadeiros pc gamers :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente as GeForce 2 GTS e Ultra custavam os olhos da cara, a MX400 foi a melhor que pude comprar. Eita plaquinha boa! Com ela eu detonava no Unreal Tournament 99 e 2003, Quake III, FIFA 2002 e no Need For Speed Porsche.

      Nesta época eu havia saído de um K6-III 400 Mhz + TNT2 M64 para um Athlon Thunderbird 1,2 GHz + GF2 MX400, um dos melhores upgrades que fiz na vida! Tenho saudade até hoje!

      Excluir
    2. Mas o senhor está de sacanagem com a minha face tendo sido possuidor de duas configurações clássicas, hein? Só falta me dizer agora que tinha um Pentium II com uma Voodoo 2 da Diamond. Aí já é demais! :D

      Excluir
    3. hehehehe
      Nunca tive Pentium II, III ou 4 na época. Os dois primeiros eram muito caros e o último era uma porcaria.

      Já a Voodoo2 foi um sonho de consumo que não pude ter na época: além de caras eram difíceis de achar! Somente agora com o blog pude matar a vontade de ter uma. :-)

      Excluir
    4. Putz! Acho que todo gamer PC da velhas guarda teve uma MX em algum momento. Nossa, Uma MX 440 fez minha alegria por alguns anos, substituindo a também clássica TNT2 M64.

      Excluir
    5. Realmente, a GF2 MX400 me deixou feliz por muito tempo!

      Excluir
  2. E como esquecer das placas Soltek, com seus PCBs coloridos e uma GeForce 4 MX440 ONBOARD!!! Cara, como eu queria uma dessas... Claro que no futuro ela não rodaria muitos jogos por causa da falta do T&L por hardware, mas eu não tava nem aí, nem sabia disso na época, só queria ter uma vídeo onboard decente e gastar pouco. E cara, era uma GeForce 4 onboard!!! :D

    ResponderExcluir
  3. Que burro, dá zero pra ele, esqueci o link com a placa e os testes.
    Olha aí o que bicho lindo! http://www.tomshardware.com/reviews/integrated-graphics-performance,674-8.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O nForce 2 IGP com a GF4 MX440 foi épico, o melhor vídeo onboard da época por larga margem. Obrigado pelo link!

      Excluir
  4. Nossa que nostalgia... cheguei a comprar uma GF 4 MX 420 PCI da Visiontek (saudosa série Xtasy ) para usar numa PC Chips M812... a placa não funcionou com a mobo por incompatibilidade (acredito que faltou alimentação) então devolvi a mesma... aí montei um sistema novo do zero com uma mobo Abit KD7 e uma FX 5600. Quando a Geforce 4 MX se não estou enganado ela tinha T&L sim (presente desde a primeira Geforce, a Geforce 256). A própria Geforce 2 tinha T&L. O que a GF 2 e as famigeradas GF 4 não tinham era suporte a Pixel Shader, enquanto as GF3 e GF4 Ti tinham...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nostalgia mesmo, Rodrigo. Já arrumei muito micro com placa-mãe PCCHIPS. E essa 5600 aí, era magnata, é? Você tem razão, as 4 MX tinham T&L e eram DirectX 7, enquanto as GF3 eram DirectX 8, por isso tinha PS.

      Excluir
    2. Verdade! Estou ficando velho, realmente a GF4 MX tinha T&L mas não tinha a unidade de Pixel Shader. Vou arrumar o texto.

      Excluir

Postar um comentário