As mídias ópticas ainda vivem (4): Pioneer anuncia unidade Blu-Ray 4K para PCs

Apesar da baixíssima demanda que os discos Blu-Ray tradicionais tem nos PCs (quem já tentou assistir a um filme em Blu-Ray no PC sabe a frustração que é, devido à profusão de algoritmos DRM), a Pioneer anunciou uma unidade compatível com o padrão 4K para PCs



Segundo a fabricante, para reproduzir discos Blu-Ray 4K nos PCs é necessário um Core i5 ou i7 Kaby Lake, 6 GB de RAM, uma porta HDMI 2.0a e um software decodificador como o PowerDVD – requisitos estes tão fanfarrônicos quanto os da Netflix

Inicialmente a unidade será lançada apenas no Japão e muito provavelmente deve permanecer por lá, tendo em vista o franco declínio das mídias físicas para consumo de conteúdo. É só ver o Blu-Ray atual, que não teve nem de longe a popularidade que o DVD e o VHS tiveram nas suas épocas.

Veja também:

Comentários

  1. Tenho um drive de bluray aqui no PC e comprei pra assistir filmes. Foi um parto, acabei desistindo e comprei um aparelho de mesa mesmo. Tá aqui como segunda unidade óptica (já tinha um gravador de DVD), nem a função de gravador de bluray eu usei... uma das compras mais inúteis que já fiz... aliás se eu fosse comprar um software pra rodar os filmes, gastaria mais que um aparelho dedicado. Realmente não vale

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, a licença do PowerDVD custa bem mais do que um aparelho de mesa ainda mais agora com o dólar nas alturas. Aqui para assistir um filme em Blu-Ray tenho que ripá-lo primeiro com o MakeMKV, como mostro na postagem destacada acima.

      Excluir
    2. Até achei tutoriais pra fazer o VLC ler direto o bluray mas não sei se vale o trabalho. Vi também um vídeo mostrando o disco rodando direto do KODI mas ainda não testei. Também vi um tal de Leawo Blu-ray, acho que é chines e até por isso fico com pé atrás, pode vir cheio de porcarias junto e as opiniões no baixaki são mistas.

      Excluir
    3. Também já vi alguns tutoriais para rodar Blu-Rays protegidos no VLC, mas os que testei não rodaram todas as mídias visto a grande variação existente nos esquemas de DRM - geralmente apenas os discos mais antigos rodaram.

      Excluir

Postar um comentário