A espantosa evolução da tecnologia

A tela abaixo mostra o tempo que o AMD 80386 DX-40 em conjunto com o coprocessador aritmético IIT 4C87DLC-40 levou para concluir o teste do Super Pi 1M. Devido à resolução baixa infelizmente a última linha com o resultado foi cortada, porém olhando o log do teste foi possível apurar que o bravo 386 levou nada menos do que 6 horas, 20 minutos e 14 segundos para concluir o cálculo.

Para os que não saibam, o Super Pi mede o tempo do cálculo do Pi para um determinado número de casas decimais, no caso um milhão de casas decimais ou 1M.

Super Pi rodando no 80386 DX-40 sob o Windows NT 3.51 SP5

Com um corte abrupto, chegamos aos dias atuais. O meu Core i7 3770K @ 4,7 GHz levou apenas 7 segundos para efetuar o mesmo cálculo, ou seja, 6 horas, 20 minutos e 7 segundos a menos! Uma vez que o AMD 386 foi lançado em 1991 e o Intel 3770K é de 2012, estamos falando de um período de apenas 21 anos, o que não é nada na escala evolutiva. Diante de algo assim, qualquer exercício de futurologia tecnológica torna-se um ensaio fadado ao fracasso.

O mesmo teste rodando no Core i7 3770K sob o Windows 10

Em tempo, a página comparativa de benchmarks foi atualizada. Confira lá!

Veja também:

Comentários